Manifestação online em solidariedade: De Maputo até Sines

A primeira manifestação online em Portugal começou às 15h00 na sede da Galp em Maputo, Moçambique, com mais de 150 pessoas a protestar os projectos de gás fóssil em que a Galp faz parte. Estamos solidárias e solidários com as comunidades locais despejadas pelos projectos extractivistas da Galp. A Galp tem de pagar reparações pela sua destruição ecológica colonialista em Moçambique.

Agora, vamos marchar!

O nosso próximo ponto é a refinaria de Sines, em que dezenas de trabalhadores foram despedidos nas últimas semanas. A Galp anunciou que vai fechar a refinaria durante maio e ao mesmo tempo vai distribuir dividendos hoje na assembleia dos accionistas. Hoje de manhã, o SITE-Sul organizou uma iniciativa a criticar esta atitude da empresa. Estamos solidárias e solidários com os trabalhadores da indústria fóssil. Nós precisamos duma transição justa que garante direitos, empregos e requalificação para todos os trabalhadores da indústria fóssil.

Clica neste link e junta-te à manifestação: https://manif.app/?lat=37.956650842031586&long=-8.78434181213379&zoom=14

Segue o Galp Must Fall Live no Instagram, @2degreesartivism e @greveclimaticaestudantil . Vamos ter ainda um último ponto de encontro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *