Galp vota dividendos em dia de protestos de sindicalistas e ambientalistas – Público

A assistir à AG desta tarde (tem início previsto para as 15h) deverão estar quatro activistas do grupo Climáximo, que compraram quatro acções para poderem participar no evento e colocar questões à administração sobre a crise climática e os relatos de despejos forçados em Moçambique devido ao grande projecto de exploração de gás natural na bacia do rio Rovuma.

Em paralelo, decorrerão online várias formas de protesto (no âmbito de uma iniciativa intitulada “Galp must fall”, ou a “Galp tem de cair”, incluindo “uma twitterstorm com a hashtag Galpmustfall, para tentar tornar o assunto no mais falado do Twitter”, como explicou ao PÚBLICO um dos organizadores.

Ler a notícia completa aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *