Activistas ambientais vão participar na AG da Galp – Público

Membros do grupo Climáximo são agora accionistas da petrolífera e querem confrontar a administração com perguntas sobre as alterações climáticas. Defendem a nacionalização da empresa.

Quatro activistas do grupo Climáximo – recém-accionistas da Galp, cada um com uma acção da petrolífera – pretendem que esta AG, que se realiza à distância por causa da pandemia da covid-19, seja um marco no combate às alterações climáticas em Portugal.

Ler a notícia completa, aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *